quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Praia do Esquecimento



Fujo da sombra; cerro os olhos: não há nada.
A minha vida nem consente
rumor de gente
na praia desolada.

Apenas decisão de esquecimento:
mas só neste momento eu a descubro
como a um fruto rubro
de que, sem já sabê-lo, me sustento.

E do Sol amarelo que há no céu
somente sei que me queimou a pele.
Juro: nem dei por ele
quando nasceu.

David Mourão-Ferreira, in "Tempestade de Verão"


sábado, 17 de novembro de 2012

AUSÊNCIA





Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num país sem nome
Ou numa terra nua

Por maior que seja o desespero
Nenhuma ausência é mais funda do que a tua.

                          Sophia de Mello Breyner Andresen

domingo, 11 de novembro de 2012

O vídeo de Marcelo recusado pela Alemanha

Recordação





Pertenci a vários corações
entre amores e desamores.
E, neles estou como lembrança
desses encontros e desencontros.
O meu, solitário e amargurado,
caminha  fraco e desamparado.
Procura com alguma esperança
serenidade. E, sem  clamores,
um recanto  e um reencontro,
que  abrigue sonhos e recordações.


 

sábado, 3 de novembro de 2012

Porta de reixa

                                                                               Tavira

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Na praia




Corremos na praia de mãos dadas,
construímos castelos de areia,
rimos, rebolamos, amamo-nos.
E, de exaustação adormecemos
enlaçados pela  maresia.

Acordei. O sonho terminara.
Na praia deserta, estava só!