sábado, 24 de abril de 2010

Para que esta noite e este dia não sejam esquecidos

2 comentários:

Maria disse...

Que coincidência...
Um bom 25 de Abril para ti, Fernanda.

Um beijo e um cravo Vermelho!

geocrusoe disse...

Temo, é que já não estejam a ser vividos, nem o povo ordena, nem se ordena para o povo.